_

ESPECIALIDADE

Otorrinolaringologia Pediátrica

A Otorrinopediatria ou Otorrinolaringologia Pediátrica é uma área do conhecimento médico que se preocupa com a pesquisa, a assistência e o ensino relacionados ao cuidado das crianças e adolescentes com problemas de ouvido, nariz, garganta, laringe, cabeça e pescoço.

A avaliação otorrinopediátrica envolve um olhar especializado para problemas especiais de orelha, nariz e garganta e uma avaliação de doenças corriqueiras em crianças com alguma característica especial, como aquelas com síndromes ou doenças especiais.

Dra. Ana Amélia

Preceptora de Residência Médica em Otorrinolaringologia no Hospital Infantil Joana de Gusmão – SC, onde atua como médica do corpo clínico.

Mestrado pela Universidade Federal de São Paulo.

Fellowship em Otorrinolaringologia Pediátrica pelo Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba.

Título de especialista em Otorrinolaringologia pela Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia.

Membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial.

Membro da Interamerican Association of Pediatric Otorhinolaryngology.

_

ESPECIALIDADE

Otorrinolaringologia Pediátrica

Dra Cristiane Perini Popoaski

Médica formada pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) em 2011.

Residência médica em Otorrinolaringologia no Instituto Penido Burnier, Campinas/SP.

Especialização em Otoneurologia pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

Membro Titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial.

_

ESPECIALIDADE

Otorrinolaringologia Pediátrica

Dra. Maria Fernanda Piccoli Cardoso de Mello

Graduação em medicina pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL, 2013.

Residência Médica em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial pelo Hospital Governador Celso Ramos e Hospital Infantil Joana de Gusmão, 2019.

Membro Titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial – ABORL-CCF.

Observership no Departamento de Otorrinolaringologia do Massachusetts Eye and Ear – Harvard Medical School, 2018.

Curso de Cirugia Funcional e Estética do Nariz – Santa Casa de Misericóridia de São Paulo, 2018.

Curso teórico-prático de Cirurgia Endoscópica Naso-Sinusal e de Dissecção Temporal, Complexo Hospitalar Professor Edmundo Vasconcellos, 2018.

Curso de Cirurgia Otológica e Microdissecção temporal – USP, 2017

_

ESPECIALIDADE

Otorrinolaringologia Pediátrica

Dr. Afonso Possamai Dalla Junior

Dedica-se ao atendimento de Otorrinolaringologia Geral, com foco em Rinologia, subespecialidade que trata das doenças do nariz e dos seios da face, tais como: obstrução nasal, desvio de septo, hipertrofia dos cornetos nasais, tumores nasais, atresia de coana, polipose nasal, rinites alérgicas e não alérgicas, obstrução das vias lacrimais.

 

Currículo:

 

Graduação em Medicina pela Universidade do Sul de Santa Catarina, Tubarão, SC (2008-2013).

Residência Médica em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial no Hospital Santa Casa Misericórdia de Curitiba, Hospital Universitário Cajuru e Hospital Pequeno Príncipe, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Curitiba-PR (2015-2018).

Título de especialista em  Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-facial (ABORL-CCF) e Associação Médica Brasileira (AMB).

Título de Especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (2018).

Médico Otorrinolaringologista do Hospital Infantil Joana de Gusmão e do Hospital Governador Celso Ramos, onde atua como Preceptor (responsável por conduzir e supervisionar o desenvolvimento dos médicos residentes nas especialidades) da Residência Médica em Otorrinolaringologia.

Membro titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF).

 

Áreas de atuação: 

 

Otorrinolaringologia geral;
Cirurgias para correção de desvio do septo nasal (Septoplastia);
Cirurgia para diminuir os cornetos nasais, popularmente chamados de carne esponjosa do nariz (turbinectomia/turbinoplastia);
Cirurgia endoscópica nasal (tratamento cirúrgico de sinusites);
Cirurgia para desobstrução dos ductos ou sacos lacrimais (Dacriocistorrinostomia Endoscópica);
Diagnóstico e tratamento de doenças nasais (sinusites, obstrução nasal, pólipos nasais, polipose nasosinusal);
Rinites (rinite alérgica, rinites não alérgicas);
Otorrinolaringologia pediátrica (cirurgia de adenoide, amígdalas, tubo de ventilação);
Otoplastia (cirurgia de correção de orelha de abano).

_

ESPECIALIDADE

Otorrinolaringologia Pediátrica

Dra. Janaina Jacques

Faculdade de medicina na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), terminando sua graduação em 2013.

Residência médica em Otorrinolaringologia no Hospital Governador Celso Ramos (HGCR). Desde então é membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial – ABORL-CCF. Obtendo o Título de Especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Médica Brasileira – AMB

 

Áreas de atuação:

 

Otorrinolaringologia pediátrica (roncos, respiração oral, amigdalites, cirurgia de adenoides, amígdalas, tubo de ventilação);

Rinologia (sinusites, obstrução nasal, rinites);

Otologia (otites, perda auditiva);

Otoneurologia (tontura);

Laringe (rouquidão, alterações na voz);

Exames em otorrinolaringologia.

 

Formação complementar:

 

Curso Rinite Alérgica pelo Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia em 2019.

Curso de Cirurgia Endoscópica de Ouvido em 2018, pelo Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia.

Curso de Cirurgia Funcional e Estética do Nariz em 2018, pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Curso de Dissecção do Osso Temporal em 2017, pelo Hospital de Clínicas da USP de São Paulo.

Curso Teórico Prático de Cirurgia Endoscópica Naso-Sinusal e XXV Curso de Dissecção em S.I.M.O.N.T em 2017, pelo Hospital Edmundo Vasconcelos de São Paulo.

Os principais motivos para levar a criança a um otorrinopediatra

1- Alteração da voz ou da fala: rouquidão, atrasos da fala ou alteração na pronúncia de fonemas são motivos para levar a criança para avaliação do otorrinopediatra. As alterações de voz como rouquidão e aspereza podem ocorrer devido a doenças nas cordas vocais, como nódulos, pólipos e verrugas. Alterações de fala podem ocorrer por atraso na aquisição da linguagem e em crianças que não estejam escutando bem, pois quem não escuta bem (mesmo com perdas auditivas leves) não aprendem bem a pronunciar os fonemas.

2- Obstrução nasal, respiração bucal e roncos: crianças que têm nariz trancado, respiram pela boca, na maioria das vezes, por um motivo de obstrução na via aérea superior e hiperplasia das adenoides e amígdalas (tonsilas palatinas). Pode ser que a criança tenha uma respiração viciosa pela boca por alterações ortodônticas e de fraqueza muscular da face.

3- Infecções de repetição: crianças que têm otites, faringites e sinusites de repetição têm maior suscetibilidade de complicações na infância. As otites podem levar à perfuração timpânica e causar perdas de audição, que mesmo que sejam transitórias (durante a infecção) podem levar a alterações na fala e déficit acadêmico. Sinusites de repetição podem levar ao uso repetido de antibióticos, obstrução nasal crônica e ausência escolar periódica das crianças.

4- Suspeita de perda auditiva: quando a criança pede para repetir o que lhe foi falado, ou quando repete errado aquilo que lhe falaram. Quando entende e escreve algo fora do contexto ou com letras trocadas pode ser um dos sinais de que não está escutando bem. Quando a criança coloca o som da TV mais alto ou quando a professora da escola suspeita que a criança não está escutando bem também devemos levá-la a um otorrinopediatra.

5- Massas cervicais: aumento de volume no pescoço por linfonodos (ínguas), nódulos ou cistos no centro ou lateral do pescoço devem ser sempre avaliados por especialistas, principalmente se são duros, poucos móveis e têm crescimento rápido.

As doenças de ouvido, nariz e garganta são bastante comuns na infância. Mas com a prevenção, o cuidado e o diagnóstico correto de um otorrinopediatra, é possível garantir desenvolvimento saudável e qualidade de vida para as crianças.

6- Orelha em abano e malformações de orelha: Essas malformações podem muitas vezes ser corrigidas por cirurgias como a otoplastia.

7- Bebês com dificuldades para respirar, e com barulhos durante a respiração.

Doenças frequentes que motivam os pais à agendarem uma consulta ao otorrinopediatra

Doenças dos ouvidos: Otites, Dores de ouvido, Perfurações do tímpano, Disfunção da, Tuba Auditiva, Colesteatoma.

Doenças da laringe: A criança que chia (estridor da laringe), Laringites, Alterações das pregas vocais (nódulos, cistos…).

Doenças da orelha: Orelha em abano, Orelha mal formada, Pequenas alterações da orelha.

Problemas com o recém-nascido: Avaliação auditiva, Distúrbios da deglutição, Má-formações.

Problemas da audição: Perdas auditivas e surdez, Avaliação auditiva do recém-nascido, Avaliação auditiva do escolar.

Alterações da respiração: Respiração ruidosa durante o dia ou ao dormir, Respiração pela boca – Síndrome do Respirador Bucal, Roncos noturnos.

Problemas da boca e língua: Língua presa, Língua grande, Tumores.

Alterações da fala, linguagem e aprendizagem: Atraso da linguagem, Rouquidão, Voz anasalada, Problemas escolares.

Problemas da garganta: Amigdalites, Faringites, Dores de garganta, Amígdalas grandes.

Problemas do nariz: Alergias, Rinites, Adenóide grande (hipertrofia da adenóide), Sinusite, Desvio de septo.

 

Exames e procedimentos realizados:

 

Nasofibrolaringoscopia flexível.

VídeoLaringoscopia flexível.

Aspiração otológica.

Remoção de corpo estranho de ouvido, nariz e garganta.

Remoção de cerume.

Agende sua consulta

Preencha os campos abaixo para solicitar um pré agendamento e aguarde nosso contato para a confirmação de dia e horário de sua consulta.